sexta-feira, 6 de junho de 2008

3 casamentos e 1 funeral



Corra, Carrie, corra: meio dress code, meio fashion code em cena do filme Sex and the City.


Hoje estréia em Pindorama o filme com meu personagem favorito: o figurino. Sim, é sobre Sex and the City que eu - e a metade sul do hemisfério - estamos falando. Não sei vocês, mas eu de-tes-to Carrie, a estranha - bom, a personalidade irritantemente infantil e esquizofrênica da moça. E hoje eu espero mesmo que o "mistério" casa-ou-não-casa-com-Mr.Big termine com o seguinte final feliz: não casa! Para o bem da modernindade e das solteiras felizes do planeta. Para as casadoiras, Carrie já prestou um favor imenso: escolheu um vestido, escolheu sandálias, escolheu a pluma verde, escolheu o véu, escolheu os brincos. Quebrou as regras com um Vivienne Westwood dramático (aqui tem: Samuel Cirnansck desfilou no SPFW, edição inv 08, um vestido de cetim de seda com a mesma alta voltagem dramática, preço sob consulta, tel. (11) 3081 1733). Em outras palavras, fez no casamento o que fez em todos os dias dos seis anos de série: respeitou o dress code na medida do seu estilo (e vice-versa).



Samuel Cirnansck, inv 2008

A mensagem é clara: por que, ó, céus, você passa uma vida tentando afirmar sua alma se vestindo assim ou assado e, justamente quando você é o centro das atenções, vai compactuar com uma série de regras pré-estabelecidas e abafar sua personalidade? Por que não pisar em sandálias Manolo Blahnik com plumas de faisão ou num peep-toe Louboutin de purpurina furta-cor ou em plataformas meia-pata Dolce de cobra dourada ou em sandálias Paula Ferber cheias de tirinhas de couro de cobra natural e laranja? "As noivas estão mais diferentes, saindo do branco e creme", diz Paula, que faz loucurinhas sob medida para essas moças com síndrome de Ms. Bradshaw (a partir de R$ 1,5 mil, tel. (11) 3044 0321). Por que não usar uma jóia com pedra de outra cor? Por que não aposentar a misturinha das unhas (Natural Nude é tão lindo! Colorama, R$ 2,49).

Quando olho as fotos do meu casamento, penso no acerto do vestido: tomara-que-caia com uma saia que se abre godê e é muito discretamente mais comprida atrás + uma estola. Foi o primeiro vestido de noiva feito por Carlos Miele, me contou muitos anos depois seu antigo PR, Roberto Ethel, com modelagem da Mme Jeanine, que havia trabalhado chez Dior, Paris. Eu am(o)ava o tecido: cetim de seda com fios metálicos, que dá aquele aspecto de papel-quanto-mais-amassado-mais-volume. Me lembro da reação dos meus conterrâneos ao ver que eu tirei o vestido todo amarrotado do porta-malas do carro (passei uns bons minutos amassando bem): um 'oooh', não? Depois de vestido, minha irmã do meio e uma amiga querida, que conseguiu arrastar o marido direto da British Columbia para a festa, passaram muito tempo amassando ainda mais a barra da saia.

Quando penso no resto, penso em make over: pintei as unhas de Paris, um esmalte que nem de longe combina comigo; usei escarpins forrados (deuses, onde eu estava com cabeça?) e um penteado que, bemmmm, melhor não comentar. Eu estava tentando compactuar com as regras do jogo e, fazendo isso, me resta hoje olhar para uma festa felizérrima, comme il faut, com um figurino not so much so...

No sábado, eu tive outra amostrinha do que é colocar sua marca numa festa tradicional. Ciccy Souza Aranha acrescentou Halpern ao seu sobrenome numa festa linda na Chácara Verde do Helvétia, às 16h30 - num dos dress codes mais capciosos da temporada. Meio da tarde, inverno, campo com pose da mais fina cidade, what to wear? Curtos, longuetes, longos, brilho ou não, estampa ou cor escura? A família da noiva, Trussardi - uma vida na moda - ditou o tom. Carol Porto, a irmã mais velha, de florido rosa nos joelhos, com gola como que plumada, escarpins chanel dourados, cabelos num coque-luxo 60s (aliás, os sessenta tão em alta quanto as rosas que decoraram o teto do lugar). Ciccy foi de longo-imperatriz, com renda Balenciaga e uma camadinha de babados a partir dos joelhos que se transformava numa cauda-nuvem. Nos cabelos, a tiara de diamantes usada pelas mulheres da família (vestidos Marie Toscano). Combinou.



Ciccy sorriso: tradição da cabeça - com a tiara de família - aos babadinhos do vestido Marie Toscano.


Fernanda Kujawski, com desenho próprio: na medida do dress code.

(...)
Fiquei intrigada com o que seria o dress code do funeral de Yves Saint Laurent ontem, Église Saint Roche, Paris. É difícil fugir do preto, mas por vezes a necessidade do preto é uma formalidade tão grande que parece que estamos assistindo a um velório de novela das oito, ensaiado. Preto era cor favorita de YSL (embora eu ache que, um estilista que misturava as cores como ele só pudesse amar todos os tons por igual) e acho bonito ter sido escolhido em homenagem a ele, se assim foi. Assim como os ternos, as peças de corte masculino. Mas e se YSL amasse o pink, could we or should we? Solenidade, tristeza, sobriedade - todos sentimentos aos quais o preto está linkado, neste caso - são questões culturais diante da morte - mexicanos são felizes com seus passamentos, coloridos e festivos, não? Devemos nos arrumar de maneira impecável ou não devemos nos arrumar (com A maiúsculo), ou nos vestir de maneira minimalista, sem esforço, como quem diz "isso não é um evento portanto a vaidade não pode ser demonstrada?. Certo é que não se trata de mostrar a própria personalidade.

Aceito insights.


Catherine Deneuve: trench coat



Claudia Schiffer


Carla Bruni


Vivienne Westwood


Enfim, melhor pensar em como quebrar as regras do casamento do que em seguir as do funeral.

4 comentários:

lumefa disse...

eeeeeeeeeei, sem truques!!!!
Pode postar a foto do casamento!!!!

João Batista Jr. disse...

Msg1. Apenas Vivienne, que pelo cabelo já acrescentou um tom mais vivo ao look, veio com uma frase no capuz que quebrou a formalidade da cerimônia.

Msg2. Também fiquei curioso para ver a foto do casório. Mostra, mostra, mostra!!!

Sissi disse...

achei bom esse 'chaos' na vivienne. é o mundo hj, não, menos ysl, mais chaos. e fotinho de casamento, ah, não!

CICCY disse...

sissi!TUDO BOMM!!!!amei q vc foi no casamento!!!!quero q vc post A SUA!FIQUEI CURIOSAAAA!!!!!!!!!!!!!!
BJINHOOOSSSS