quarta-feira, 20 de agosto de 2008

MARGARIDICES DAS MARGARIDINHAS: a saga do esmalte azul noite - bom para usar com Havaianas damier, por Mika Franco

Margaridinha é um termo usado na minha família, inventadíssimo pelo meu cínico (do bem) marido para se referir ao lado fresco da minha personalidade - que é parecido com o de muitas. Foi adotado por várias pessoas ao meu redor - prova de que o mundo está cheio de margadirinhas.

Inclusive pela minha amiga de longa data, Mika Franco, uma margaridinha com M maiúsculo mesmo. Que tem o gosto impecável, envernizado à base das jóias e bijoux da mamma, uma infância no Rio e Hermès aqui e ali. E é capaz, como ninguém, de encontrar achados na Renner, na bancada da feira hippie e, como ela sempre diz, em qualquer biboca do planeta. Às vezes ela se lamenta de gastar os trocados em qualquer biboca do planeta. Pensa que, juntos, poderiam ser investidos em algo maior (que ela não deixa de comprar, sem dúvida). Mas, como tudo o que ela usa, caro ou pechincha, fica chic no ato, dois segundos depois de se lamentar ela mesma admite que é danada para enxergar beleza onde olhos despreparados ou sem verniz não enxergariam nada.

Bom, prefácio à parte, Mika é expert em boas compras e achados mil. E, com verdadeiro espírito de repórter, ainda que essa não seja sua profissão, ela divide comigo o que encontra por aí. Então, decidimos criar essa seçãozinha aqui.

Que começa com a busca pelo esmalte Blue Satin, Chanel. Você sabe o que acontece quando a Chanel lança um esmalte: as margadirinhas do planeta ficam em polvorosa e todas usam a mesma cor (o 'UEM' - último esmalte da moda) para ficar ainda mais viFp (very important Fashion people, como eu resolvi chamar essa categoria nada genérica de 'vip'). Foi assim no ano passado com o Black Satin, lembra? Toda viFp virou falsa gótica, adicionando drama no look com o preto-preto nas unhas.

No começo desse ano, Chanel lança o Blue Satin. É um tal de encomendar para a amiga que está voltando de Nova York. E teve margaridinha que fez plantão de cinco dias na Sephora de Paris, há duas semanas, até conseguir comprar um para chamar de seu.

Pois a Mika rodou São Paulo e nada. Esperta que é, num conversé com uma vendedora da Vent Verte (Shopping Morumbi, tel 11 5181 4443), descobriu um esmalte gêmeo da Dior, Poison Blue. "Tem o mesmo efeito do da Chanel: um azul noite que parece preto com um efeito perolado", diz.


Poison Blue, Dior, R$ 58: frasquinho e mãos da Mika.

Atenção para o formato das unhas: quadrado,com as pontas discretamente arredondadas. Para as mais saidinhas, vale deixar as unhas longas, num efeito extrafeminino.

Pesquisei e encontrei uma blogueira americana apaixonada por esmaltes e ela recomenda, entre outras cores, a Blk-Bila-Bong, um azul noite peroladao da China Glaze (!).

Na passarela, a proposta é combinar esmalte e sombra.




Monique Lhuillier, fall 2008: NFS 386, da Creative Nail Design, 6 dólares.
(fotos: courtesy of CDN)

E se você não gosta, como eu (desculpe, Mika, mas dessa vez a gente vai discordar - eu não gosto do esmalte azulado), foco nas outras duas tendências fortes do inverno 2008/2009 para os esmaltes:
* cinza asfalto
* vermelhos fechados e preto com sobretons de jóia como esmeralda e ametista. o azul noite entra aqui, como safira.
* bege e nudes para alongar os dedos e combinar com batom nada.

Ah, em tempo: Mika comprou esse par de Havaianas com o xadrez-amigo que lembra muito o Damier, primeiro canvas da Louis Vuitton. Bom para exibir o 'veneno azul' nos pés. Na Farm Brasil afora.

11 comentários:

Helena Castro disse...

adorei essa sua nova sessão! sou igual a mika, prefiro deixar de lado os pequenos e frequentes gastos para comprar algo que tenha mais qualidade. mas os pequenos achados... são irresistíveis!

beijos para as duas,
helena

mika franco disse...

Siiiiii!!!!! Não é que vc publicou mesmo???!!Helena, beijos para vc também!
e até o próximo achado...

Da margarida Mika

Fabiano disse...

um fofo esse post

sabina anzuategui disse...

Oi, Si. Você viu meu recado sobre as meias-calças? A cena do filme é ótima, tem o Alain Delon bem novinho.
Também gostei dessa epopéia do esmalte.
Beijo!

Fernando disse...

Oi, Simone

parabéns pelo blog... vai produzir conteúdo assim na China.

Delícia de texto, chic de doer os ossos.... como seria bom se as consumidoras tivessem o hábito de se informar ...e fazer um manualzinho de como se vestir e usar seus complementos.... meu trabalho seria tão mais reconhecido...

saudades!!

Fernando

Márcia Mesquita disse...

e já que entrou achados de pechincha no post, a um tempo atrás, a risqué tinha um esmalte assim, que deveria custar uns 3 reais no máááximo, mas não sei se existe ainda - hehehee

bjs

Tatiana disse...

Falando em garimpar , eu descobri um esmalte incrível que faz as vezes do blue satin.
é produzido pela impala, e faz parte da linha de esmaltes da ultra-cafona Iris Stefanelli o nome da cor é mais cafona ainda BE-BE-BE ! Cruzes! dá até vergonha de dar uma dica dessas, mas a cor é boa mesmo!
não é em todo lugar que tem, achei na Iquezaki por 3 reais.
beijos

Tatiana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SIL SARAIVA disse...

Que esmalte maravilhoso! Eu adoro esmaltes pretos, especialmente contrastando com a pele clara. Já tive alguns e são dífíceis de encontrar. Excelente. Amei.

Beijo.

Sil Saraiva
BLOG & BEAUTY
http://blogandbeauty.blogspot.com

Marília disse...

baphon: LILIAN da Impala tem mesmíssimo efeito

sem o glamour e talvez menor duração, mas é um azul forte perolado, que de longe parece preto

Sissi disse...

genteeeeee, tô adorando que vcs acrescentam mais info - margaridinhas natas!

e uma coisa que as manicures sempre falam - e uma amiga margaridíssima e finérrima idem - é que esmalte bom é esmalte brasileiro. os importados são feitos para o mulherio que faz a unha em casa mesmo e troca de esmalte com muito mais freqüência do que a gente aqui no Brasil com nossa manicure semanal (bom, no meu caso, confesso: duas vezes por semana...)