quarta-feira, 2 de setembro de 2009

TEST DRIVE moletom como alfaiataria

Helmut Lang, pré-verão 2010







Lang, pré-verão 2010



Lauren Santo Domingo, por Jak & Jil



Agnete Hegelung


Desde que a comfort fashion explodiu, nunca fui tão contente. Tudo nesta ideia luxo-preguiça me apetece: o mescla, as formas amplas e o delicioso e apimentado desafio a convenções burguesas.

Então, eu comprei uma calça sarouel de moletom (fino) da Le Lis Blanc.

(Num fim de semana de trabalho, encontrei Juju com o mesmo modelo - ela disse que foi a Le Lis depois de ler o post sobre a camiseta perfeita aqui - um passeio semifeliz porque nem tudo coube na altura estratosférica dela, um ponto que ela também deixou claro aqui.)


Também comprei um macacão de moletom mescla - já que o do Alexander Wang esgotou sem deixar rastro.

E um macacão cinza antracito de malha mais fina do João Pimenta, parecido que só com o modelo usado por Agnete Hegelung na foto acima, que eu achei semanas depois já não me lembro em que site.

Feliz e desencanada, eu tenho usado o moletom comme il faut. Inclusive em reuniões - já que a natureza do meu trabalho permite. Para quem não trabalha na indústria do entretenimento criativo, recomendo reservar para sair à noite com as amigas (sem intenção de paquerar, porque homens tendem a detestar. Sim, nem sempre a gente se veste para eles, mas um jeito de continuar sexy - e fashion - é usar sandálias altas de tiras finas no lugar as meia-patas ou ankle boots) ou para bater pernas na cidade.

O importante é não desencanar. Tem que subir no salto. A ideia é que o moletom apareça como uma escolha pensada, proposital, para garantir seu conforto ao longo do dia e da noite. Jamais deve parecer uma contingência da sua vida infeliz de chinelos e camisetas velhas oversized, comprend?

Além do salto, é legal usar bijoux e batom – ainda que os cabelos venham desgrenhados depois de uma boa noite de sono – e tecidos nobres feito seda. Tudo isso concerta o desconcerto causado pela ideia de descaso do moletom. Ufa!

Não é tão simples assim. O planeta não está ligado no movimento Wang-Lang (de Helmut) e não vai conceber tão fácil a ideia de você usar moletom em praça pública. É inevitável alguém achar que você está muitas champanhotas acima da dose permitida legalmente. Em Curitiba, minha terrinha, onde estive há pouco, detectei a expressão "onde é que ela está com a cabeça?" no rosto de muita gente.

Mas é fato: o moletom, cortado em pseudo-paletó e pseudo-calça de alfaiataria, é o novo terno. Trate-o como se fosse seu jeans fashion statement ou uma peça de couro. Respeite desrespeitando.

Com o tempo, os olhos alheios se acostumam. Mas você vai estar tão confortável que nem vai reparar no desconforto dos outros.

8 comentários:

Deborah disse...

Amo. Fiquei feliz pelo fato de hoje mesmo estar usando um blazer de moletom e mais ainda com a frase final: você vai estar tão confortável que nem vai reparar no desconforto dos outros. Genial!

andreza felix disse...

Lembrei desse Isabel Marant encontrado em Garance Dore http://keepfeeling.files.wordpress.com/2009/06/olivia2.jpg . Eu já fiz terno com calça de moleton e paletó. E ja usei calça + cardigan fininho + saltos pesados. vou tentar sua sugestao de saltos finos.

gosto quando você se inspira e escreve sua percepção sobre as imagens.

Marianna Valente disse...

Como estou grávida, estou abusando!

Alexandra disse...

olá, conheci seu blog através de uma pesquisa no google sobre Monique Lhuillier ... rs, cheguei e amei!!!

bjs

Alexa

Sandra disse...

pra te falar a verdade ....por estar aqui pela 1ª vez confesso que me senti bem a vontade como num moleton.......acho que é assim que tem que ser ...livre pelas escolhas conscientes e feliz pelas sensações
parabéns pelo blog

bisous

senhorita sartori disse...

Super Sissi eu sonho com uma semaninha de looks onde a senhorita será a estrela. Pense na proposta! besos

Bruna Tavares disse...

Simplesmente me apaixonei por esse jumpsuit cinza, incrível como a moçoila ficou sofisticada com uma produção super cool!
Cheguei a postar esse modelo em um dos meus primeiros posts do blog, que falava justamente sobre a invasão dos macacões nas temporadas de moda, e consequentemente em nossos closets!
No mais, achei de um incrivel bom gosto seu blog!
Vou linkar no meu COM CERTEZA!

Sucesso
beijosss

patricia moterani disse...

si, adoro te ler!