sexta-feira, 27 de março de 2009

Halston

Todos começaram como chapeleiros loucos, não?, de Chanel passando por Dener. E hoje nem se sabe usar chapéu por aqui. Sem nostalgia, mas por que não num país de sol e de chuva?


Halston e a atriz Anita Colby, na Bergdorf Goodman, 1965: e o vermelho + onça, hein?
(foto Ormond Gigli)

4 comentários:

Vica disse...

Simone, que tudo!! Esse vestido, esse casaco, o chapéu, os sapatos... luxo puro. E esse homem, meu Deus?? Esses trajes! Ah, quem me dera ter nascido nessa época.

Carmen Martins Consultoria de Imagem disse...

Simone! amei tudo por aqui! TUDO! TUDO! TUDO ! rsrs bjs

Gi Souto disse...

Sempre fui apaixonada por chapéus. Infelizmente o nosso clima não permite usar o acessório em qualquer momento. Guardo os modelos mais queridos para o inverno, que é um período curtíssimo!

No final, acabo aproveitando mais o clássico Panamá, que é o mais fresquinho para os dias de sol...

Aproveito para dar a dica de uma loja super tradicional e tem uma variedade imensa de modelos (para se divertir mesmo). Fica perto da Galeria do Rock: www.chapelariapaissandu.com.br

Juliana Noronha disse...

Nossa queria tanto ter vivido na época em q as mulheres eram tão glamurosas! amo chapéu!
PS: adoro seu blog!!!
depois da uma passadinha no meu tb!
chama Versatilidade> junoronha.blogspot.com