terça-feira, 12 de maio de 2009

COMO SAIR ÀS RUAS COM ESTILO a escolha do skinny


Então, a skinny excede de novo. Desta vez, combinada com paletós hussardos, ombros marcados, botas extrajustas e extra longas e extra-altas.

O efeito é de segunda pele. Meias praticamente.

Mas a pergunta é como escolher o jeans-meia certo?

"Há skinnies e skinnies", esclareceu Tito Bessa, da TNG, numa entrevista de uma matéria que fiz para a Revista Moda, da Folha de São Paulo.

Mmmmm.

O segredo está em duas características: o elastano (vulgo estica-e-gruda) e a modelagem.

Na categoria skinnies recomendáveis, a dose de elastano misturada ao algodão não ultrapassa a linha do que é considerado bom gosto. Ou seja, não ficamos com a aparência de 'embalada a vácuo". A Ellus controla o efeito elástico – na linguagem do métier, "as skinnys têm um percentual pequeno de power", diz Adriana Bozon. A Calvin Klein delimita a oferta até o tamanho 42 para evitar que as fora-de-forma tentem entrar numa superkinny.

No quesito modelagem, preste atenção se a skinny faz parte da linha roqueira (primeira geração Mick Jagger, segunda geração punks, terceira geração Kate, as in Moss). Ela é, por definição, andrógina.

Atente para:
1. Cós baixo.
2. Bolsos da trás maiores e costurados mais para baixo.
3. Costuras laterais (da cintura ao tornozelo) são simétricas. Ou seja, dividem a parte da frente a de trás do corpo em partes iguais. "O objetivo é evitar o look 'popozuda' ", diz Cristiane Ruiz, da Calvin Klein.

Em oposição, as skinnies a la Gang tem o espírito calça de ginástica. A dose de elastano é extra, extra, extra. Os bolsos, menores, são costurados mais para perto do cós. E as costuras laterais são jogadas mais para a frente do corpo. Tudo para que o bumbum fique mais aparecido como o de Jennifer Lopez. Ou, como diz o marketing da marca carioca de Alcyr Amorim, "faz qualquer traseiro parecer grande e mais redondo".

A não ser que esse seja seu objetivo na vida...

13 comentários:

Aline A Batistuti disse...

Olá!
infelizmente meu popozao é primo da mulhermelancia, éca!
Mes assim uso o skinnie porque pedalo, e estilo é fundamental.
www.copenhagencyclechic.com

Márcia Mesquita disse...

adoreeei
mas sabe que a skinny que mais me caiu bem foi uma que eu comprei na c&a logo que apareceu o boom? comprei um numero maior, fica otima e nao desbota (gosto de jeans escuro).

bjs

Marília disse...

nunca fui chegada, mas vou arriscar uma skinny esse inverno.

*marcia, C&A tem mesmo uns mega achados (às vezes)

lancelloti disse...

a skinny se tornou um coringa-para-sempre!

Blog - util.necessario - Ana disse...

A calça Skinny voltou, mas meu "corpito" não...
Bjs, Ana
http://utilnecessario.blogspot.com/

N. disse...

A skinny já é um básico, porém menos democrático que uma calça reta! Amo usar com botas (qualquer modelo: cano alto, baixo, com salto, sem...), mas devido ao meu quadril... Só com top mais largo e longo!

sabina anzuategui disse...

oi, querida, estou com saudades!
olha que curioso: sábado passado fui comprar umas roupas numa loja chamada "gina campos", pois vi uma amiga do djudju meio gordinha c/ um vestido bonito, que era dessa loja.

na verdade fui comprar blusas, mas perguntei se tinha algum jeans também, e eram todos skinny (eu não sabia o nome, claro, só li no seu post).

eu não compraria nunca uma calça assim, porque tenho o quadril largo e a perna fina, mas - suprema magia da industria da moda - a vendedora argumentou que eles eram feitos justamente para combinar com as blusas que eu estava comprando, que cobriam o quadril.

então, de certo modo, fui quase forçada a comprar essa calça, porque elas realmente ficavam bem com as blusas (que, na verdade, eram mais longas do que eu preferia que fossem).

minha única conclusão útil foi: em tom escuro e uniforme elas ficam mais decentes. skinnies desbotadas na fábrica (coxa mais clara que a lateral) são impensáveis pra quem tem coxa grossa.

Sweet Little Things and Thougths disse...

Olá Simone,
Estive na Mesa redonda que você participou hj, aqui em Belém, e já conhecia o blog (estava nos meus favoritos, por sinal).E imagine a minha surpresa quando a Alda anunciou seu blog, eu disse: "Peraí, eu conheço esse blog".ahaha
Mas estou aqui para elogiar a mesa redonda, foi maravilhosa, e o blog, que como sempre, está fantástico.
E pensar que vc estava bem pertinho de mim antes de começar, ahh se eu soubesse :/
Mas enfim, espero que tenhas gostado do calor e das chuvas.

Ps.: Não sou muito fã das skinnys.ahahaha

Beijos
Mariana

Maria Luiza Schuller disse...

Simone olha q fofo esse site carioca de sapatos,e a trilha ,e´um absurdooooo....acho q vc vai amar....
www.imporium.com.br

devies disse...

Eu amo skinnies, mas no atual estado do meu culote estão todas guardadas no armário aguardando ansiosamente pelo sumiço do mesmo. heiuaheuihaeiu triste, mas verdade. Queria que fossem verdade os versos da querida Lily Allen: "If I buy those jeans I can look like Kate Moss"

beijos

bel

Simone Esmanhotto disse...

gente, os estilistas garantem que faz bem pro culote com as blusinhas mais longas. eu confesso que não uso, mas porque não posso suportatr nada me apertando. beijos! ps. adorei os sapatinhos e a trilha, adoro a aline levando a vida sobre duas rodas!

Mônica disse...

Tenho uma M.Officer que eu amooo! Veste muito bem!

Lisa Kauffmann disse...

Eu nao consegue achar os jeans Gang mas!! Fecharem as lojas no Rio e o site nao funciona mais...Aaaarrrggghhhhhh!!!