quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

FASHION RIO BOA IDEIA dia 5: maxicontas, azul e verde, trança deslocada, coques nozinhos, bota motoqueiro fresh, sapato com dúvida existencial

Têca, inverno 2010



Têca, inverno 2010



Têca, inverno 2010



Redley, inverno 2010



Redley, inverno 2010



Espaço Fashion, inverno 2010


Na coleção passada, Helô Rocha cresceu e apareceu - e os acessórios, idem. Você tinha que se apegar muito aos seus princípios ecológicos para não arrematar o maxicolar de coral bruto vermelho (espécies em extinção, sabe? Tiffany & Co. não usa jamais). Mas Helô prova que domina bem o vocab das bijoux e faz peças nesta coleção que são miam-miam. O colar de gigabolas cabe bem na onda 50s que vai se instalar por aí.

"Boinha" também a ideia de combinar azul e verde, em texturas diferentes, para a noite. Ninguém faz, então fica a janela.

Por fim, tranças deslocadas. Simples e eficiente.

É claro que há sempre uma saída, digamos, mais pela esquerda. Feito os cabelos arrumados para parecerem cabelos de ressaca, como os nozinhos da Redley. Que mostra em botas douradas que meninas podem continuar meninas e dirigir Harleys numa estrada deserta. Easy ride na cidade.

Por último, algo que a Moschino fez (em assimétricos) e Reinaldo Lourenço no verão 2010 (ankle-Chanel): sapatos que não sabem ser uma coisa só. A identidade é dividida em dois. O que, no mínimo, dobra as chances de usá-lo na real.

Um comentário:

Na Torres disse...

Gostei das imagens! Achei esse fashion rio tãaaaaao fraco!

Bjs