quarta-feira, 16 de julho de 2008

DESOBEDIÊNCIA MODAL volume



Louis Vuitton, pre-fall 2008

Um zilhão de vezes você deve ter ouvido "peça-larga-embaixo-
exige-peça-justa-em-cima" - e vice-versa. Por que, eis a questão? A idéia da proibição é que você revele um pouco de forma, para provar que está em forma, no lugar de se esconder completamente por debaixo do volume. E também para não criar a idéia de que você está fora de forma - o que não implica necessariamente numa verdade (visualize os vestidos de Maria Antonieta no filme de Sofia Coppola. É óbvio que as mulheres não tinham quadris descomunais. Elas ocupavam o lugar de três, quatro pessoas por efeito das armações Farthingale. Alguns historiadores da moda interpretam isso como o bom status que as mulheres ocupavam no rococó século 18, efeito do Iluminismo).

Não há nada como desafiar mais essa regra da moda porque um pouco de senso de privacidade faz muito, muito bem em algum momento da vida. É bom não ter que revelar nada, não ter que mostrar forma alguma, e se vestir assim como Marc Jacobs sugere: as peças têm ótimas formas (entenda-se desenho).

E isso basta.

2 comentários:

senhorita sartori disse...

pena não ter nascido Raquel Zimmerman pra pode 'de um tudo'...

Jaqueline Araujo disse...

Adoro usar duas peças "longe do corpo!"

Muito bom o blog!