quinta-feira, 27 de novembro de 2008

FOREVER GIRLS Babe Paley


Babe Paley no seu chalé em Round Hill, Jamaica. Foto de Slim Aarons.


Se você amarra seu lenço na bolsa e acha que a moda começou ontem, tsc, tsc, tsc.

Foi Barbara Cushing Mortimer Paley que, na década de 1950, deu a idéia. E, com os olhos todos sobre ela, claro que a idéia só podia ser copiada. Ad eternum.

Ex-editora de moda da Vogue América, Babe deixou (Stanley) Mortimer, da Standard Oil, por William Paley, da indústria do entretenimento. E não podia ter acertado mais. Os Paley, garantem os amigos, recebiam como ninguém, fosse no pied-à-terre em Paris, na fazenda ou na 'Riviera americana' em Long Island.

O segredo inspirador? A dose certa de informalidade e de perfeição.

Babe recebia os amigos de calças (!), até então um peça de roupa ultraesportiva. Jamais social. E nunca, jamais, em tempo algum, parecia descabelada, sem maquiagem, amassada (nem mesmo em passeios de barco. Ela parecia imune à maresia).

Amigos como Truman Capote diziam que "seu único defeito era ser perfeita. Fora isso, ela é perfeita".

2 comentários:

andrea disse...

Como tudo né Sissi... queria eu vestir mulheres como ela, mas será que elas ainda existem?

sabina anzuategui disse...

Que foto linda.