quarta-feira, 8 de outubro de 2008

COMO SAIR ÀS RUAS COM ESTILO desencaretando um longo careta

Olá! Entro todos os dias seu blog e vc tem dicas incríveis, por isso gostaria muito q vc me ajudasse!!!! Vou ser madrinha de um casamento no dia 18 de outubro e comprei um daqueles vestidos caretões verde/azul petróleo, com um decote nas costas bem bonito. Meu cabelo é liso e bem fininho, na altura do ombro. Queria quebrar a caretice no penteado, na maquiagem e nos acessórios. Me ajuda, por favor???? O casamento é à noite, às 20h.

Bjo e muito obrigada,


Marcela.


Marcela,

O mais óbvio seria prender os cabelos - e como todo mundo anda prendendo por aí nas passarelas afora, despencam idéias lindas: coques múltiplos no lugar de um só nozinho (Chanel, spring 2009), desmanchados (Alberta Ferreti, spring 2009). Enfim, os exemplos são inúmeros e vale mais saber se o cabeleireiro tem mão. Porque isso exige expertise daquelas!


Alberta Ferretti, spring 2009



Chanel, spring 2009

Se você optar por um presinho, dispense brincos, que é um recurso que as pessoas acreditam ser obrigatório com os cabelos presos. Fica bem mais atual sem (e nada colar também, já que o foco do vestido é o decote).

Por outro lado, fiquei pensando que a melhor coisa nesse caso seria fugir da filosofia que prega que todo decote precisa ser privilegiado com o cabelo montado para cima. Como seu cabelo está na altura dos ombros, minha sugestão é que você use solto. O comprimento, que por si só já é anticareta, não vai esconder as costas.

Olivier Theyskens, da Nina Ricci, optou por cabelos divididos ao meio e levemente ondulados para combinar com os vestidos curtos na frente + longos atrás da spring 2009. Acho uma ótima para você.


Nina Ricci, spring 2009.

Aqui, os grampos são usados só para ondular e fixar a forma. Mas vale a idéia: usar grampos, fivelas - caprichados - um de cada lado. Décor no cabelo é algo que finalmente está sendo resgatado - tem muita gente fazendo coisas ótimas. Eu tentaria encontrar uma presilha de prata/prateado velho, com filigranas, marcassitas. Um dos lugares bacanas para isso é a Casa Vasconcellos (Rua Peixoto Gomide, 1801, casa 4, Jardins, 11 3083 0787). As irmãs Marianna, Renata e Fabiana fazem peças com um quê vitoriano, com cara de herança da bisa, que vão dar o peso que a cor do vestido pede.


Nina Ricci, spring 2009: esse é o jeitinho de conquistar as ondas do penteado.

(ps. Se você acredita que o formato do seu rosto não segure cabelos no meio, dá para manter a mesma idéia de ondulado e solto, só que repartido para um dos lados. Nesse caso, há três opções para prender os enfeites de cabelo: 1) colocar a fivela no lado com mais cabelo; 2) prender as duas frentes com fivelas; 3) colocar a fivela no lado com menos cabelo. mmm, deu para visualizar?)

Agora, a maquiagem.


Dior, spring 2009

Primeiro, repare que o batom é opaco. Tem cara de que já foi apagado num bom beijinho! Outro ponto: a chave chic do seu look vai ser escolher a cor certa de batom. Vermelho pode roubar demais a cena de uma cor tão especial quanto o petróleo. E, como você mesmo já disse, o petróleo é uma cor meio indefinida: meio azul, meio verde. Acho que você deve ir atrás d euma cor de batom no mesmo espírito: que tenha personalidade, mas seja difícil de definir. Na Dior, pareceu essa cor linda, que é meio ferrugem, meio cobre, meio sei lá. Tem personalidade e complementa o petróleo. De resto, cílios extracaprichados. Repare como eles foram penteados para a lateral externa dos olhos - diferente da idéia clássica de cílos de boneca. Complete com um traço fino de delineador. O olhar fica duplamente sexy, de gatinho.

De bijoux, eu optaria por braceletes - ou gêmeos ou parecidos - no mesmo acabamento das fivelas (prateado velho com marcassita). E usaria um de cada lado. Ou dois de cada lado.

Para as unhas: pés e mãos do mesmo tom - fica um look todo brincando com simetrias (no cabelo, nas pulseiras...). Pode ser preto (pede para a manicure passar uma camada de finalização com o bom e velho Rebu, da Risqué. Faz um efeito óptico bacana - 'deschapa' o preto). Pode ser cor de carne, que é aquele bege transparente (Ilha do Mel, por exemplo, mas faça o teste no seu tom de pele. Tem uns que pendem mais para o rosé, outros mais para o amarelo...). Ou você pode tentar um esmalte que se aproxime da cor do batom - mas daí precisa tomar cuidado com o que vai usar nos pés

Por exemplo, eu adoro a cor dessa sandália Christian Lacroix, um cetim rosé acinzentado. E a idéia de amarrar laços de veludo nas tirinhas. Acredite se quiser, a Huis Clos tinha um par parecidíssimo na ponta de estoque. Custava 50 reais! Ligue para as meninas de lá. Quem sabe você não dá uma sorte daquelas? (Rua do Bosque, 185, Barra Funda, 11 3392 1600).


Christian Lacroix, spring 2009

O desenho dessa sandália também é lindo. Chic, simples e eficiente em preto (as meias são uma ousadia. Você é quem sabe se segura ou não).




Outra opção é o retorno da meia-calça fina e do escarpim clássicos. Pretos.


Nina Ricci, spring 2009


Nina Ricci, spring 2009

É isso. Bom casório!

beijos,
Sissi

Um comentário:

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Adorei suas dicas para o casório que a garota vai ser madrinha, saiu totalmente do convencional, se ela seguir esses passos, vai arrasar!
Bjobjo