terça-feira, 28 de julho de 2009

É NOVO índigo blue

Depois do mergulho recessionista nos anos 1940s, a moda começa a se mostrar pronta para a embarcar na juventude transviada e rockabilly dos anos 1950.

Uma evolução estética dos zazoos que Dior odiava, a geração babyboom reivindicou ser ouvida vestida de jeans escuros: jaquetas sobre camisas xadrez + calças de barra dobrada + sapatos masculinos com solado plataforma.

Os sapatos aqui, chamados de creepers, são chave e parecem deliciosamente novos (?)!. Inventados por George Cox, ainda estão à venda e nas passarelas de Armand Basi, na LFW). O look rockabilly foi repeteco nos anos 1980 – então a outra leitura possível é de que estamos revivendo mais essa vertente.

crepper

Mas quem já resiste a sapatos masculinos com solado normal não vai ter coração para aguentar este revival. Melhor focar na cor do índigo, que é de índigo mesmo: azul profundo, sem lavagem. A antítese do jeans Balmain.

Sonia Rykiel, inverno 2009

E usados em look total, assim:


Isabelle Huppert e Giorgio Armani nos bastidores da Armani Privé, alta costura inverno 2009

3 comentários:

glamourparaguaio disse...

eu juro que eu tento gostar desse crepper mas eu não consigo!
e olha que eu gosto de tanta coisa estranha. hahaha

Maíra disse...

oi simone! só uma correçãozinha pequetitinha: o nome dela é isabelle huppert e não rupert. beijocas!

Sarah Alcântara disse...

Na última teen vogue tem um editorial com exatamente essa inspiração que você está pontuando. Acredito muito.